sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

A epopeia

                                                
Viver é Amar

Ó eterno, ó imutável, ó perfeição.
Ó presença viva ,nas maravilha da natureza....
No encanto  nas noites de luar.
 O turbilhão.

E negro azul estrelado.
É lindo sabe.
 O florescer dos sonhos .

 Sobre o nevoeiro.

O sonho e o sonhar.
E o Cristo vivo.
É  olhar.
 O além das vidraças
E disse JESUS.
E tudo que fizerdes.
A um dos pequeninos.
É a mim que fizeste.
E as chuvas caíram.
E o sereno cai, de mansinho sabia?
É pesadelo ou sonho.
No cobertor de papel.
O Teto de estrelas.
É DEUS e o frio conforme.
O cobertor.
É os anjos da madrugada.
O carinho e o pão
E os guerreiros.
No acender tuas luzes
A solidariedade.
É coração
No aplicar a lição .
 Porque a seara é grande.

E os trabalhadores são pouco.
 E as obras cobrem uma montanha de pecados.
Ó arranha-céus.

 Partiremos.
Partiremos levando razões .
A  de um futuro distante.
Mas ficarão.

 Ficarão plantados em solo profundo.
E sem razão eterna.
E o filho pródigo.

 A oportunidade.
Na autotransformação
 No aprendizado do amor.

Ass.: Pássaro Ferido.