quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

A centelha

                                                                     
 
 A centelha


DEUS poesia do infinito
 
 
 
A luz a brilhar na história.
Onde o tempo se esvai.
 Diante da divina promessa.
O despertar de um novo amanhecer.
O voo dos pássaros .
Sobre o vento aromático.
 E os perfumes das flores.

A poesia clama o excelso Rei do amor.
No surg...ir de uma nova era.
 Porque somos aprendizes no tempo sabia?
  Que sem espaçonave.

O voo nos castelos divinos dos sonhos.
É lindo, sabe?
 


                                    










Lindo é sonhar divinamente.
 Há saudade há esperança.

E na metamorfose . 
O aplicar o lição.
Porque amar 

É sentir a necessidade do próximo.
 O gesto nobre em ação.
 E   somos nosso próprio inimigo.  

 No vocabulário.
 A invigilãncia .
O orgulho .
O egoísmo .
Mas lágrimas são lágrimas.

 Na busca da ilusão.
 Onde está você.

 A buscar o que não perdeu.      
  E   somos espírito eterno sabia?
O que importa.

 É o aplicar da lição .
E o louvor a Deus.
 E Jesus Cristo no coração.
                   as