quarta-feira, 5 de março de 2014

Principe da paz




Orlando.gomes621@hotmail.com


                                                                   
Liberdade, é amar.
É o raspar da panela.
No inverno a fogueirinha de papel.
É o estar junto de ti. Sabia?
No verão que aquece.
No sorrir da primavera.
No outono da esperança.
O apagar da marcas por amar.
E no rasgar do passado.
A metamorfose clamando o interior.
No esforço o equilíbrio.
O surgir de um novo eu, além do perfil.
O lutador.
Que quebra as correntes da ilusão.
O grito no silêncio.
Ó liberdade, Ó liberdade.
Mesmo por entre as grades se tornam livres.
No libertar dos pensamentos, roubador de sonhos.
E de momentos felizes.
 Que o vento levou, como as folhas secas espalhadas pelo chão.
Mas existira a vontade do recomeçar.
Porque o mundo faz vencedor.
Mas JESUS CRISTO faz invencíveis.
Creia no amor e no silêncio, sentirás o carinho da majestade dos prisioneiros.
JESUS, o excelso Rei do Amor, TE AMA!